Uma realidade da pessoa que teve a aposentadoria ou pensão concedida é o cenário recorrente de ligações dos bancos oferecendo crédito consignado. É constante o assédio do aposentado e pensionista, especialmente se o benefício é recente, e, muitas vezes, denigre um mercado regulado como o de empréstimo consignado devido a um alto índice de estelionatários e golpistas que se aproveitam da situação, além, é claro, de maus profissionais que não respeitam a individualidade do possível cliente.

Por outra ótica, a ótica do lado certo e honesto do crédito consignado, pode-se afirmar que o consignado injeta bilhões na economia, ajudando aposentados, pensionistas, servidores públicos e outros trabalhadores a realizarem sonhos com taxas de juros muito mais baixas e excelentes prazos. O empréstimo consignado é, muitas vezes, a melhor alternativa na hora de financiar um veículo, uma viagem, uma casa ou para pagar contas atrasadas com juros altos, além de ser a solução mais rápida para despesas inesperadas, como despesas de saúde própria ou de familiares.

Diante dessas duas situações, cabe a difícil situação do cliente diferenciar o bom vendedor do mau vendedor, assim como diferenciar a pessoa que vende o crédito consignado de verdade, do estelionatário que está tentando tirar dinheiro do aposentado ou pensionista.

Ministério Público dos estados e o Disque 100 recebem denúncias de violência contra idosos, incluindo violência financeira.

Consignado: Como identificar uma pessoa má intencionada

Infelizmente, é cada vez mais comum os golpes do empréstimo consignado, causando muitos prejuízos a vítima e ao mercado. Identificar um golpe nem sempre é fácil, afinal, esse tipo de pessoa “trabalha” diariamente para obter melhores resultados, porém, alguns cuidados simples podem frustrar o golpista.

O crédito consignado é uma das modalidades de empréstimo que apresenta mais facilidades, desde a simulação até o pagamento do contrato, e, tomando isso como base, existem vários golpes comuns e o principal foco são recém aposentados ou pessoas que estão para se aposentar. A lista abaixo apresenta algumas situações incomuns que o interessado no empréstimo deve desconfiar:

  • Golpistas não tem paciência, querem tudo resolvido muito rápido e não se dedicam aos detalhes. Desconfie se alguém estiver apressando o processo, faça todo empréstimo com calma.
  • Nenhum crédito consignado exige pagamento antecipado. Não existem taxas de abertura de conta ou qualquer taxa para aprovação mais rápida. Desconfie se solicitarem, antecipadamente, qualquer valor.
  • Para contratar o empréstimo consignado não é necessário informar senhas bancárias ou outro tipo de senha de uso pessoal. Caso seja solicitada uma comprovação bancária, acesse você mesmo a informação e envie para o vendedor.
  • Cuidado com pessoas que enviam mensagens longas e não solicitadas via WhatsApp ou promessas maravilhosas por e-mail, tente forçar uma chamada de vídeo e verifique as credenciais do contato.
  • A margem consignável é limitada a 30% do rendimento para empréstimos e mais 5% do rendimento para cartão de crédito consignado. Cuidado para não contratar um empréstimo com taxas maiores (não consignado).
  • Os prazos de pagamento variam de acordo com o produto consignado e preço da parcela, indo até 84 meses. Sempre questione sobre menores prazos de pagamento e atente-se aos valores do contrato.
  • Não assine contratos em branco, ou com espaços a serem preenchidos posteriormente (como taxas,valores e prazos). Pessoas mal intencionadas podem usar isso para contratar um valor diferente do solicitado.
  • Nenhum vendedor de empréstimo idôneo vai oferecer meios para burlar a margem consignável. Compreenda o que está contratando, informe-se sobre refinanciamento e portabilidade de crédito.
  • Nenhum consumidor é obrigado a contratar serviços adicionais para contratar um crédito consignado, se isso for imposto, saiba que o Código de Defesa do Consumidor proíbe a venda casada.
  • Nenhum servidor do INSS pode oferecer crédito ou qualquer outro tipo de serviço financeiro aos beneficiários INSS, fique atento caso alguém entre em contato se identificando dessa maneira.
  • Apesar de não obrigatório, o vendedor de crédito consignado pode ser um correspondente bancário certificado ou representar alguém que seja certificado. Sempre pergunte sobre as credenciais do vendedor.
  • Existem dezenas de sites que oferecem empréstimo consignado online, solicitando informações financeiras e pessoais sensíveis. Verifique a procedência do site e que existe uma empresa real por trás do serviço.
  • Pense duas vezes antes de realizar empréstimos em nome de terceiros, o valor será debitado do seu benefício e a dívida é intransferível.

A Pimpiano é uma empresa que oferece soluções financeiras por meio de Agentes de Crédito autorizados, que são vendedores treinados para um atendimento direto e de qualidade. Temos correspondentes bancários certificados que são responsáveis pela avaliação das documentações e propostas de empréstimos submetidas pelos agentes de crédito.

Se você é um idoso e foi abordado por alguém que o incitou a realizar uma transação financeira contra sua vontade, registre um boletim de ocorrência na polícia e denuncie a violência financeira contra o idoso. Alguns meios de denunciar é recorrer ao Ministério Público dos estados, sites como ReclameAqui e o Disque 100, ligado a Secretaria dos Direitos Humanos do Governo Federal (SDH), que recebe denúncias por telefone de violência contra idosos, incluindo violência financeira.